más ou boas? | good or bad?

Para mim, uma boa história de bruxas tem que ter uma bruxa má.
Uma bruxa tem a saia meia esfarrapada e suja, é malvada, é feia, voa numa vassoura torta e tem uma verruga no nariz ou qualquer outra coisa que a torne feia e assustadora... isso é uma bruxa a sério!
Quando era pequena, ouvi muitas histórias contadas pelos meus avós e li alguns contos que me ajudaram a criar esta imagem das bruxas... e parece-me o mais adequado!

Agora, quando olho para os livros de bruxas, fico com a ideia de que alguém se enganou na nomenclatura da dita bruxa. Deixaram de ser malvadas, feias e assustadoras e passaram a ser boas, gentis, prestáveis... Esclareçam-me lá.... isso não é suposto ser uma fada?

Bem, cá por casa há um livro que tem sido folheado e lido muitas vezes... e é um livro de uma bruxa à antiga!

Ficaste curiosa?
Em breve revelo-o!!! 
daqui


For me, a good history of witches must have an evil witch.
A witch has the skirt tattered and dirty, is evil, ugly, flies on a broom and has a wart on the nose or anything else that makes it ugly and frightening ... this is a seriously witch!
When I was little, I heard many stories told by my grandparents and read some stories that helped me to create this witches ... and it seems to me the most appropriate!

Now, when I look at the witch books, I get the idea that someone made a mistake in the said witch nomenclature. No longer evil, ugly and frightening and became good, kind, helpful ... Clarify me there .... it's not supposed to be a fairy?

Well, here at home there is a book that has been plated and read many times ... and it's a book of an old witch!

Were you curious?
Soon I will reveal it !!!

2 comentários:

Falem, partilhem e opinem!!!