descobrir os livros #3

No seguimento do último post, vou continuar a falar-te sobre os livros mais adequados às idades das crianças.

Entre os 12 e os 18 meses de idade, as crianças começam a andar e a querer mexer e descobrir o mundo pelo tacto. Algumas começam a desenvolver a fala e o gesticular é uma forma de comunicação essencial!

Mais uma vez, não te vou dizer exactamente a forma como deves lidar com a relação criança-livro, pois cada criança tem o seu ritmo e cada adulto a sua forma de lidar com os livros e as crianças. Assim, o que se segue, são pequenas dicas de como podes fazer essa abordagem e assim partilhar bons e divertidos momentos de descoberta!


Nestas idades, as crianças já gostam de locais específicos para desenvolverem algumas actividades. Um sitio com almofadas e mantas pode ser muito aconchegante e ser o lugar perfeito para sentar e desfolhar um livro!



É essencial que consigas dispor-te a ler sempre que a criança to pedir
Bem sei que não é fácil! Há sempre qualquer coisa que estamos ou vamos fazer e que não nos deixa disponíveis... Mas nestas idades, as crianças ainda não aguentam muito tempo concentradas numa actividade, por isso serão apenas alguns minutos da tua atenção que podem fazer toda a diferença para o pequeno ser que te escolheu como parceiro de descoberta!

Ler, reler e voltar a ler as palavras do livro
Deixa a criança controlar o livro, ajudando-a a virar as páginas. Aproveita para conversar sobre as imagens e as cenas que estão representadas. Aponta, pergunta "onde está?" … e deixa a criança apontar. Pergunta “o que é isto?” e dá-lhe tempo para responder, fazendo  pausas e deixando-a completar a frase á sua maneira.

Brinca e interage
Dá-lhe atenção, mostra-lhe que compreendes o que ela quer fazer e/ou comunicar e tenta, sempre que possível, relacionar os livros com as suas [vossas] próprias experiências.
Nesta idade, algumas crianças já gostam também de ver os livros sozinhas, descobrindo-os de um ponto de vista um pouco diferente do habitual... Se fores dar com a tua criança a ver os livros de trás para a frente ou de cabeça para baixo, deixa-a desfrutar da enorme conquista que é poder fazê-lo sozinha e não te apresses a "corrigir"... vai ter muito tempo pela frente para o fazer "correctamente"! 


Quanto aos livros mais adequados a esta esta faixa etária, aqui ficam algumas características mais gerais:

- livros cujo tamanho permita um fácil manuseamento e transporte, adequado ás suas pequenas mãos 
- feitos de cartão grosso, de pano ou plastificados, resistentes e laváveis
- já com algumas páginas, fáceis de virar
- com folhas de texturas diferentes ou com aberturas para a criança os poder explorar com os dedos
- livros interactivos e com figuras para destapar e algumas a 3 dimensões (estes livros, são muitas vezes chamados de "livro-jogo"... mas isso fica para um outro post!)


Quanto ao conteúdo, podem representar algumas acções familiares (pessoas ou animais a dizer adeus ou olá, a dormir, comer ou brincar), frutas, cores, animais, transportes, objectos vários e/ou com personagens simples, muitas vezes antropomorfizadas. 
Por norma, nestes livros, cada página conta um episódio ou apresenta uma acção, independente da página seguinte.

Relativamente ao texto, não necessita de muitas palavras. 
Os livros com rimas, versos, lenga-lengas, cantilenas e onomatopeias engraçadas e previsíveis fazem as delícias dos pequenos ouvintes! As pequenas narrativas são as mais adequadas, pois como já disse anteriormente, o período de atenção é relativamente curto!

No que toca á ilustração, as imagens/fotografias coloridas que incluam outras crianças, brinquedos e objectos que reconheçam, são muito bem aceites. Mas as imagens já podem (e devem) começar a ser mais pormenorizadas. Nestas idades, começa também a descoberta das diferentes texturas que devem fazer parte das ilustrações.

Pinterest




Sem comentários:

Enviar um comentário

Falem, partilhem e opinem!!!