descobrir os livros #2

Tal como disse aqui, o ser mais novo deste Planeta começou a brincar com os livros ainda antes dos 6 meses de idade.
Além dos livros que lhe liamos, tinhamos outros que ele manuseava e com os quais brincava.

Entre os 6 e os 12 meses de idade, as crianças começam a descobrir o mundo que as rodeia e essa descoberta é feita entre brincadeiras e mimos partilhados com os adultos que as educam!

Não há uma forma mais correcta para apresentar os livros ás crianças, mas há pequenas coisas que te podem ajudar nesta aventura de descobrir um livro com um bebé!

A partir dos 6 meses o bebé ja se mantém sentado, por isso sentem-se confortavelmente rodeado de almofadas e abram o livro.
Começa por apontar as imagens com os teus dedos e diz o nome do que está representado na ilustração, das cores, dos sentimentos e do que mais apareça. 
Para ajudares a ligar o som das palavras ao seu significado, repete o processo várias vezes. 
Quando brincas com as palavras, encorajas o bebé a responder e quando estimulas a comunicação, estás também a impulsionar o seu desenvolvimento e a reforçar os laços afectivos.
Embora possa parecer prematuro, deves ajudar a criança a virar as páginas, por isso, pega na sua pequena mão e encoraja-a a mexer nas folhas.

Pinterest

Nunca te podes esquecer que os bebés e as crianças têm um tempo de atenção muito curto, por isso é muito importante respeitar os seus tempos, assim, observa-a e tenta perceber se ainda está interessada em continuar ou se será melhor parar e deixá-la fazer outra actividade.

Nesta idade, as crianças  já observam os livros e já se esticam para os agarrar e levar à boca. Começam a demonstrar interesse por imagens e pelas caras de pessoas e já reagem às imagens e à voz dos adultos com sons e gestos.

Agora deixo-te pequenas dicas sobre os livros mais adequados a esta esta faixa etária:
- livros coloridos, com fotografias ou imagens grandes e nítidas de objectos familiares- feitos de cartão grosso, de pano ou plastificados- que tenham poucas páginas e fáceis de virar- que sejam resistentes e laváveis- macios, com texturas diferentes ou com aberturas para a criança os poder explorar com os dedos(os livros interactivos e com partes móveis ou amovíeis, por norma agradam às crianças, mas não são tão resistentes ás pequenas mãos curiosas)




2 comentários:

  1. Estive uns dias sem visitar o blog e hoje quando li este post reconheci imediatamente a minha filha Madalena! Ela tem dez meses a relação dela com os livros é exactamente como descreve! Os livros servem para folhear, brincar e morder! Ainda não lhe comprei muitos livros porque ela herdou muitos do primo de sete anos. A sua lista tem sido a minha inspiração para lhe comprar alguns livros, só tenho uma dúvida, serão adequados para uma criança tão nova?
    Obrigada e beijinhos, Carla

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Carla! posso dizer-lhe que, por cá, todos os livros que recomendo já foram lidos ao mais novo habitante deste Planeta! Com 10 meses - a idade da sua Madalena - liamos-lhe diversos livros de diversos temas (mesmo histórias mais extensas e cujas palavras eram mais complicadas para a sua compreensão). Liamos por etapas e iamos mostrando as ilustrações, mais ou menos adequadas. Contudo, para manusear, davamos-lhe livros que se adequassem ás suas pequenas mãos curiosas!
      Portanto, vá comprando os que mais gostar e vá-lhe lendo alguns! Os livros sem texto, desde sempre lhe foram mostrados e as imagens exploradas das mais diversas formas! Agora, com quase dois anos, já é ele que os vai buscar á prateleira para ver sozinho!
      Obrigada por passar por aqui!

      Eliminar

Falem, partilhem e opinem!!!