Saramago para a família

aqui te falei de como comecei a ler Saramago.
"A maior Flor do Mundo" foi o único livro para crianças que Saramago escreveu e, para mim, foi o click que precisava para ler a sua obra.

Há uns tempos surgiu-me um livro que não é DE Saramago, mas sim SOBRE Saramago.

Quanto a mim, é um livro que pode [e deve!] ser lido por pessoas de várias idades. Resulta de um trabalho fabuloso da parceria entre a Imprensa Nacional Casa da Moeda e a editora Pato Lógico. Esta parceria apelidado de "Grandes Vidas Portuguesas" dá-nos a conhecer a vida de grandes portugueses que muito fizeram por Portugal, em diferentes áreas.

O livro de que vos venho hoje falar é escrito por Inês Fonseca Santos e ilustrado por João Maio Pinto e prende-nos logo desde o início. Li "José Saramago Homem-Rio" num ápice!




Está muito [mesmo muito] bem escrito e as ilustrações, aparentemente confusas e misturadas, são realmente muito bem concebidas e apelativas.


 



Depois de o ler e de tanto o ter gabado, o pai cá de casa decidiu lê-lo também... mas fê-lo de uma forma bem diferente da minha!

Eu li-o sozinha.
Li-o só para mim.
Li-o e deliciei-me!

Ele leu-o alto.
Leu-o para o rapazola e para mim.
Leu-o e mostrou-lhe as ilustrações.
Leu-o e todos nos deliciamos!

O pai lia e o filho ouvia. E ouvia mesmo. Perguntava, intervia, pedia para rever as ilustrações e interpretava-as.

Este "José Saramago Homem-Rio" não é considerado um livro para crianças, mas cá por casa foi uma leitura em família que se revelou fabulosa!




Não vou desvendar muito sobre ele.

É um livro que nos fala de Saramago e do porquê de ele se chamar assim (afinal, foi um caso raro em que os filhos dão os nomes aos pais).
Fala-nos do Saramago-menino, do Saramago-homem, da sua estreita relação com o rio Almonda, fala-nos dos fortes braços de Saramago que tantas arvores abraçaram, fala-nos dos seus avós e da sua casa, fala-nos de mapas e de Marte, fala-nos do homem sábio que Saramago conhecia, mas que não sabia ler nem escrever, fala-nos de folhas, de livros, de bibliotecas e de nomes de escritores de todo o mundo e fala-nos de rios e das suas margens.

Este livro vai ser a base para um trabalho que vou desenvolver em breve e do qual irei falar por aqui mais tarde e posso garantir, que estou radiante por ter chegado até mim... é um prazer enorme ler algo tão bonito!

Experimenta e delicia-te!
Procura numa Biblioteca, numa livraria ou on-line aqui ou aqui!
Lê-o e fica a conhecer um pouco melhor a vida do nosso fabuloso Nobel da Literatura.




monstros há muitos... #5

Ainda na saga dos livros sobre monstros, há um que me é muito especial!
Não sei bem porquê, mas este livro leva-me muito, muito mais para além da sua (aparente) simples história...!

O fabuloso traço das ilustração e a simplicidade da história mostra-nos a enorme genialidade daquele que, para mim, é um dos grandes autores infantis: Maurice Sendak. Já falei da sua obra e do seu fabuloso trabalho aqui, mas nunca é demais relembrar o seu fabuloso trabalho!



"Where The Wild Things Are" é para mim um livro obrigatório!

Conta-nos a história de Max, um menino traquina e regula, que faz birras e disparates como qualquer outro menino. Certo dia, Max abusa e a sua mãe manda-o para o quarto, sem comer. 




Mas Max, tem uma imaginação muito fértil e, pouco a pouco, no seu quarto nasce uma enorme floresta banhada por um novo oceano. Asim que Max entra para o seu barco, navega por mares longínquos, cheios de criaturas fantásticas, durante dias e meses e anos!



Chegado a uma misteriosa ilha, Max é recebido por criaturas fantásticas, monstros de olhar amarelos, garras enormes e rugidos estrondosos... mas Max mostra-lhes que é ainda MAIS terrível que eles e, assim, eles declaram-no Rei de Todas as Coisas Selvagens!
Assim começa o reinado de Max e é chegado o tempo de só fazer aquilo que ele realmente quer!




O tempo passa. Max começa a não achar tanta piada a ser Rei... e começa a ter fome!
Despede-se de todas aquelas criaturas monstruosamente terríveis e volta a enfrentar as criaturas marinhas do mar, durante dias e meses e anos, até que regressa a um lugar conhecido...
A floresta volta a dar lugar ao seu quarto... e no ar há um cheiro que ele bem conhece... a sopa da mãe aguarda-o... e ainda está quente!



Cá por casa gostamos muito dele!
E, se aí por casa também tens um (ou mais!) meninos e meninas que por vezes parecem pequenos monstrinhos diabretes, procura esta fabulosa história numa próxima ida á Biblioteca ou a uma livraria... acredita que vale muito a pena!!!




monstros há muitos... #4

O Monstro de hoje é um clássico cá em casa!

Já te falei dele aqui, há quase 4 anos, nos primeiros meses deste Planeta.
Agora, o habitante mais novo deste Planeta já escolhe os livros que quer ver e que histórias quer ouvir, por isso, a abordagem e perspectiva que tenho do mesmo livro, é um pouco diferente!

Pode passar alguns dias, ou semanas, sem sair da estante, mas quando o habitante mais novo deste Planeta se lembra dele, passa dias a ser folheado e contado! Ora conto eu, ora conta ele!



"Amor Monstro" fala-nos de um Monstro felpudo, comm dentes feios e desalinhados e os olhos esbugalhados... é assim um bocadinho esquisito!



Vive num mundo onde só há coisas fofinhas, ternurentas e queridas...!
Como podem imaginar, não deve ser fácil para um Monstro esquisito viver num mundo assim!
Como tal, ele decide ir à procura de alguém que goste dele tal como ele é!



Elabora planos, faz listas, equipa-se e vai!




Ele procura por todos os lados possíveis e imaginários. Por vezes, parece que, finalmente, encontrou alguém como ele... mas não!




Triste, desanimado e cansado, decide resignar-se e regressar a casa.

Mas... ah!
Quando a busca parece terminada, heis que finalmente o destino lhe prega uma partida... e o Amor acontece!!



Este livro, à primeira vista, parece simples e de fácil interpretação, mas é um engano!
Numa abordagem mais atenta, percebemos que nos fala da diferença, da aceitação (mais ou menos difícil da diferença), da persistência da busca e da importância de estar de coração aberto para o que nos acontece!

Editado pela Editorial Presença, "Amor Monstro" é um livro para crianças, escrito e ilustrado por Rachel Bright, com umas ilustrações cheias de cor e de pormenores, mas de simples interpretação. Um texto simples, de fácil leitura para os pequenos iniciantes na leitura e óptimo para ser lido em voz alta!

Um livro para crianças, que também relembra aos adultos que todos somos diferentes, mas que todos somos iguais e queremos ser aceites pelos outros!

monstros há muitos... #3

Preparado para mais uma história de monstros?!

O monstro que te trago hoje é um monstro mais assustador que o Acácio ou o Leonardo...!

Hoje venho apresentar-te o "Cuquedo", o terrível monstro da selva que põe os animais todos em alvoroço!
Já antes te falei nele aqui, mas este livro é tão deliciosamente monstruoso, que não podia falhar nesta semana monstruosa!



Ora o Cuquedo é de tal forma assustador e terrível, que todos os animais da selva fogem dele!
Anda uma manada de hipopótamos numa louca correria, quando as zebras os param com um sonoro...

Alto lá!

Mas será possível que as zebras não saibam quem chegou à selva?!!!
Chegou o Cuquedo "que é muito assustador e prega sustos a quem estiver parado no mesmo lugar."




Esta frase dá o mote a uma história ritmada, cheia de sonoridade e de hilariantes pormenores animalescos! 

Ao longo do livro, numa observação mais atenta das ilustrações, conseguimos perceber que o assustador Cuquedo está muitas vezes presente... mas como nunca ninguém o viu, os animais não se apercebem dele...!
Será que ele existe mesmo?




Quando já todos os animais da selva andam numa enorme debandada, aparece um ser estranho que pergunta o que se passa. Quando estes lhe falam do Cuquedo...

BUUU!!!


monstros há muitos... #2

Depois de ontem te ter apresentado o monstro Acácio, hoje venho apresentar-vos o Leonardo!

"Leonardo, o Monstro Terrível" é um fabuloso livro, que pode ser inserido na categoria de álbum ilustrado, pois vive muito das suas ilustrações simples e elucidativas!





Este livro, recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para a educação pré escolar, é excelente para ser lido em voz alta a pequenos (e grandes!) ouvintes!!


Ora então, vou-te apresentar o Leonardo!!




O Leonardo era um monstro terrível...!! 
Mas é pequenote...,  é felpudinho... e nada, nada ameaçador...!

Ele bem faz caretas, estica-se o mais que pode, até faz acrobacias... mas nunca consegue assustar ninguém! 
No fundo, ele sabe que se fosse mais assustador como alguns monstros que conhece, talvez conseguisse pregar sustos... mas não é!




Certo dia toma uma importante decisão: vai procurar o menino mais assustadiço de todos e vai conseguir pô-lo a tremer como uma gelatina...!! 





Mas as coisas às vezes não correm como planeadas e, em vez de se tornar um monstro assustador, o Leonardo passa a ser um bom amigo (que também gosta de pregar sustos!)





Assim, uma história de monstros, passa a ser uma história sobre a amizade!

Editada pela Orfeu Mini, é um fabuloso livro escrito e ilustrado (ao estilo minimalista!) por Mo Willems.

monstros há muitos... #1

Esta vai ser uma semana monstruosa aqui pelo Planeta Zorp!
Vamos falar de Monstros... dessas terríveis e horripilantes criaturas que nos atormentam e assustam!
Mas serão os Monstros todos maus e terríveis?... ou não!?

Pois cá por casa gostamos de monstros, mas dos simpáticos! Daqueles que até podem ter um ar terrível, feio e assustador, mas que no fundo, não são assim tão maus...!

Este é um livro de poucas ilustrações, mais indicado para crianças já com alguma autonomia na leitura ou para aquelas que gostam realmente de ouvir histórias. Para os mais pequeninos, pode ser lida por partes, sem que eles percam o interesse no desenrolar da história!




Hoje vamos conhecer o Acácio!
O Acácio é um jovem monstro que estudou na melhor escola de monstros! Descendente de uma família de monstros assustadores, a sua missão é continuar essa tradição e, quem sabe, ser ainda melhor que o, internacionalmente conhecido, monstro Ness.

O seu aspecto metia medo... tinha uma grande boca por onde cuspia fogo (mas às vezes queimava os bigodes!), era imensamente comprido e tinha cristas espinhosas ao longo do corpo.



Escolhido um lago para trabalhar, heis que Acácio se prepara para começar o seu trabalho de monstro: assustar pessoas!
A primeira experiência com um pescador, foi traumatizante... mas para ele, o Acácio!

Sem se dar por vencido, resolve recomeçar o seu trabalho de monstro e decide aterrorizar criancinhas... Quando emerge, crianças e adultos fogem e Acácio fica triste, pois assim, ninguém o vê realmente...!



Aqui começa uma nova vida para o Monstro Acácio: e se em vez de os assustar, tentasse ser amigo deles!?
Depois de conhecer o pequeno Joãozinho, o propósito de vida de Acácio muda e, em vez de ser assustador, o monstro passa a ser um companheiro de brincadeiras para os pequenos da aldeia!



Mas chiiiiiiuu.... não contem nada aos adultos... eles nunca iriam perceber!!

"O monstro" é um livro escrito por António Antunes Carvalho e ilustrado por Anabela Cotrim. Editado pela Porto Editora, faz parte da colecção Oficina dos sonhos e é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

monstros...!


Cá por casa gostamos de monstros! 

O habitante mais pequeno deste Planeta ainda os vê como seres estranhos e esquisitos, mas afáveis e simpáticos!
É verdade que os livros que cá temos, também o ajudaram a formar esta ideia de monstro simpático, que foge ao nosso imaginário de Monstros... mas será que todos os monstros têm mesmo que ser maus, feios e terríveis?!

Durante a próxima semana vamos falar de monstros!
E tu, gostas de monstros?!


4º aniversário, contas e um belo livro de Matemática "cá em casa somos... "

Este Planeta nasceu na blogosfera há 4 anos, mas existe em mim há muitos mais anos!
Hoje é dia de aniversário e por isso, de reflexões!

Este ano, vamos ter algumas novidades por aqui... mais livros, mais opiniões de quem por aqui passa, livros e opiniões de além mar e outras novidades!

Mas, para comemorar o dia de hoje, que nos brindou com sol e muita felicidade, trago-te um livro que nos fala de contas familiares... Sim, contas de todos os que habitam as nossas casas e de pequenas contas, que fazem de cada família e cada casa, um caso único de Amor verdadeiro!




O "Cá em casa somos" chegamos pela mão do Planeta Tangerina. Resulta do trabalho conjunto da dupla Isabel Milhós Martins e Madalena Matoso, ambas já com imensos sucesso em mãos!

Um livro muito gráfico, com ilustrações apelativas e simples que, para além da história que contam, podem ainda contar outras histórias! Imagens que também fazem contas e que nos contam mais dos que as palavras.



Naquela casa há "uma quantidade considerável de elementos do corpo". Mas entre contas de cabeças, mãos, cabelos, dentes e outros elementos do corpo humano, há histórias, hábitos e ritmos de uma família que mora junta!




Naquela casa e naquela família há uma Matemática diária, uma Matemática que conta histórias e que conta com todos para fazer contas!
Uma Matemática que vai muito mais alem da contagem dos ossos, sinais, maminhas ou unhas... uma Matemática que conta os dias, os sentimentos e a história desta família!


O livro é bom [mesmo bom!] e não sou só eu que o digo, pois é recomendado pela Gulbenkian/Casa da Leitura e pelo Plano Nacional de Leitura

E como cada casa e cada família faz contas diferentes, desafio-te a criares o teu próprio "Cá em casa somos"... aproveitem a hora da refeição e façam contas à vossa família, à vossa casa e ao que mais vos apetecer!

agora, em modo de desafio, desafio-te a partilhar as Matemáticas da tua casa e da tua família aqui nos comentários... estou a preparar uma surpresa para a família com as contas mais mirabolantes...!!!

Boas leituras e boas contas!!!

hoje estou por lá...

Esta quarta-feira volto a estar no Bloga8.
Desta vez, falo de um livro que nos fala de Amor... é um Amor entre um Pai Lebre e um Filho Lebre!
Tem umas ilustrações lindas e é recheado de mimo!

Falo do "Adivinha quanto Eu gosto de Ti"!



Vai espreitar e deixa a tua opinião!!

aprender a brincar... ou brincar a aprender?

Brincar é bom... é muuuito bom!
Especialmente quando partilhamos as brincadeiras com os nossos pequenos!
Especialmente quando, aliada à brincadeira, há também um lado didáctico que nos permite aprender mais um pouco!

Ora há pouco tempo, tivemos o prazer de poder testar um brinquedo da Science4you... e mais uma vez confirmámos que se pode brincar a aprender (ou será aprender a brincar?!!).


Este Junior Building 4 em 1 é um kit de montagem de quatro meios de transportes: um avião, um helicóptero, uma moto e um carro (ou moto4, segundo o habitante mais novo deste Planeta!) que está recomendado para crianças com cerca de 4 anos.

Traz as porcas, os parafusos, as instruções e as ferramentas necessárias para proceder à montagens dos transportes. As peças são de plástico e suficientemente grandes para as pequenas mãos as manusearem com facilidade (e sem grandes problemas de as poderem engolir!).



                        


Quando abrimos a caixa, vimos logo as instruções (que têm que ser vistas e seguidas por um adulto atento) e os quatro meios de transportes (incluindo a ferramenta necessária para cada um) embalados separados.

Escolhemos o primeiro a ser montado e pusemos mãos à obra com a preciosa ajuda do Pai!


        


Seguimos as instruções cuidadosamente, aparafusamos e desaparafusamos, rodamos as porcas, viramos  as peças... e entre muitos risos, cada um dos transportes foi montado!! 

A alegria do habitante mais novo deste Planeta, estava estampado no seu enorme sorriso e cada brinquedo foi logo testado e aprovado pelas suas hábeis mãos!


       

Posso garantir que, embora não haja nada a referir se pode ou não ser posto dentro de água, já todos tomaram banho!  Sim, já deram grandes saltos para dentro da banheira, já subiram montanhas de almofadas e até já dormiram no meio de grandes dinossauros...!

Estão aprovadíssimos e prontos a montar e desmontar muitas mais vezes (e está provado que é boa ideia guardar as instruções dos brinquedos!)

A caixa , tal como tantas outras cá por casa, continua a ser utilizada para outros propósitos (desde casa para balões ainda por encher, a garagem de escavadoras, passando por ser um belo ninho de dinossauros!). Quanto às quatro chaves de parafusos que vêm os transportes, continuam a servir para "arranjar" tudo o que se pode estragar cá por casa!!

Obrigada Science4you por, mais uma vez, proporcionares brinquedos didácticos que nos ensinam que a brincar também se aprende!! 


Se ainda não tens todos os presentes de Natal, podes sempre apostar em oferecer um brinquedo educativo e didáctico da Science4you. Procura na loja online ou numa superfície onde se vendam!
Por cá já temos alguns e, há sempre espaço para mais brinquedos que ajudem, crianças e adultos, a partilhar tempo de brincadeira e aprendizagem!